Área do cliente

Insira seu usuário e senha. Caso não possua, solicite ao Escritório.

Correio eletrônico

Acesse o seu correio eletrônico de forma simples e direta.

Notícias

Desembargador Raphael Câmara e desembargadora Marianne Júdice são empossados em sessão solene

A cerimônia foi presidida pelo desembargador Fabio Clem de Oliveira na tarde desta quinta-feira (19/5), no Salão Pleno do Tribunal de Justiça do Espírito Santo. A cerimônia solene de posse do desembargador Raphael Americano Câmara e da desembargadora Marianne Júdice de Mattos aconteceu na tarde desta quinta-feira (19), no salão pleno do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES). A sessão foi presidida pelo presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, desembargador Fabio Clem de Oliveira. O desembargador Raphael Americano Câmara foi escolhido para ocupar a vaga destinada ao quinto constitucional, aberta com a aposentadoria do desembargador Álvaro Manoel Rosindo Bourguignon. Já a magistrada Marianne Júdice foi promovida à unanimidade ao cargo de desembargadora do TJES, pelo critério de antiguidade, para ocupar uma cadeira na Corte de Justiça do Estado em razão da aposentadoria da desembargadora Elisabeth Lordes. Acompanhados pelo decano da Corte, desembargador Adalto Dias Tristão, e pelo mais novo desembargador do TJES, Eder Pontes, a desembargadora Marianne e o desembargador Raphael foram conduzidos ao Salão Pleno, e, após a execução do hino nacional e do hino do Espírito Santo pela Banda da Polícia Militar, prestaram compromisso legal para exercer o cargo. Em seguida, os empossados foram homenageados com o colar do mérito judiciário, entregue pelos respectivos filhos e filha. A desembargadora Janete Vargas Simões, a quem coube a tarefa de saudar os novos integrantes do Tribunal Pleno, ressaltou que ambos têm muitos pontos em comum, são excelentes gestores e jovens experientes, com uma vocação que faz do puro e silencioso serviço a razão contagiante do viver. “O Tribunal de Justiça os recebe com satisfação, confiança e certeza na continuidade da essência dos caminhos percorridos por ambos até então, no agir com respeito à independência constitucional entre os poderes, com imparcialidade e transparência e no compromisso de fomentarem ações dialógicas e efetivas para melhoria do sistema judiciário”, ressaltou a desembargadora Janete. O desembargador Raphael Americano Câmara agradeceu as palavras elogiosas, lembrou sua biografia nos anos dedicados à advocacia e a nova jornada que começa a trilhar neste momento no Tribunal de Justiça. “A grande questão do trabalho não está propriamente no começo, mas no final. O desafio é acabar as grandes e as pequenas obras e entregá-las da melhor maneira possível. O início nos enche de grande alegria, de expectativas e de sonhos, mas convenhamos, começar é de muitos, concluir é de poucos, essa frase é de São Josemaria Escrivá. Aqui hoje é o início de uma jornada. Hoje impera no meu coração a virtude teologal da esperança, como quem entra no barco sem pisar a outra margem e mesmo assim avança para águas mais profundas. Eu tive fé e aqui estou. Agora, tenho além de fé esperança”, enfatizou o novo desembargador. Logo após, a desembargadora Marianne Júdice de Mattos destacou que, nesta data, renova o compromisso assumido quando ingressou no cargo de juíza substituta. A magistrada também lembrou que estamos vivendo um tempo de grandes transformações sociais, perante o qual a Justiça possui um papel fundamental. “Nestes tempos, o direito tem que evoluir a passos largos, procurando acompanhar todas essas mudanças, e a Justiça será sempre refúgio e lenitivo para aqueles que se sentirem oprimidos. No discurso de posse de meu saudoso pai no cargo que hoje assumo, em dezembro de 1983, ele já dizia, que o mundo havia se transformado em uma aldeia com a evolução dos transportes e meios de comunicação. Ah! Meu pai, o que diria você hoje quando deixamos de ver notícias, mas vivenciamos cotidianamente fatos ao vivo de todo lugar do mundo, em qualquer lugar do mundo? Todos conectados, deixando latente a urgência de alterações legislativas constantes. Antes, porém, até pela complexidade do processo legislativo, as codificações são antecipadas pela evolução jurisprudencial, demonstrando que o Poder Judiciário não é mero espectador insensível dessa evolução”. Mesa de Honra A mesa de honra foi composta pela procuradora-geral de Justiça, Luciana Gomes de Andrade, pelo governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, pelo vice-presidente da Assembleia Legislativa do Espírito Santo, deputado estadual Marcelo Santos, pela vice-governadora, Jacqueline Moraes, pelo deputado federal Josias da Vitória, bem como a vice-presidente da OAB seccional Espírito Santo, Anabela Galvão, o subdefensor público geral do estado, Vinícius Chaves de Araújo, o presidente do Tribunal de Contas do estado, conselheiro Rodrigo Chamon, o desembargador federal Luiz Antonio Soares, representante do TRF2, e o secretário-geral do TJES, Marcelo Tavares de Albuquerque. A solenidade foi transmitida pelo canal do TJES no youtube. Vitória, 19 de maio de 2022   Informações à Imprensa Assessoria de Imprensa e Comunicação Social do TJES Texto: Maira Ferreira | Elza Silva | Maira Ferreira Assessora de Comunicação do TJES www.tjes.jus.br
19/05/2022 (00:00)

Contate-nos

Rua Álvares Cabral  38  1 andar, sala B
-  Parque Residencial Laranjeiras
 -  Serra / ES
-  CEP: 29165-420
+55 (27) 3318-8880+55 (27) 3099-8880
© 2022 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.