Área do cliente

Insira seu usuário e senha. Caso não possua, solicite ao Escritório.

Correio eletrônico

Acesse o seu correio eletrônico de forma simples e direta.

Notícias

Vepema assina convênio com a PMVV para encaminhamento de prestadores de serviços

Parceria vai permitir a utilização de mão de obra de apenados, contribuindo para a ressocialização do infrator. A 7ª Vara Criminal de Vitória (VEPEMA) assinou, nesta quinta-feira (23), um convênio com a prefeitura de Vila Velha, que vai permitir a utilização da mão de obra de apenados em serviços públicos. A parceria é uma cooperação mútua, que contribui para ressocialização do infrator, reinserção no mercado de trabalho e, ainda, para pagamento à sociedade pelo delito cometido. A ideia é utilizar a mão de obra dos apenados em serviços como limpeza urbana, recuperação de parques e recursos naturais e assistência social, entre outras atividades. O apenado trabalhará durante sete horas, aos sábados, domingos, feriados ou em dias úteis, de modo a não prejudicar a sua jornada normal de trabalho. Participaram do ato de assinatura o juiz titular da Vara de Execuções de Penas e Medidas Alternativas, Carlos Eduardo Lemos, o prefeito de Vila Velha, Arnaldinho Borgo; o vice-prefeito Dr. Victor Linhalis; o procurador-geral do município, Dr. Vitor Silvares; a secretária de Governo, Maria do Carmo Neves; o secretário de Serviços Urbanos, Anadelso Pereira; o secretário de Desenvolvimento Econômico, Everaldo Colodetti, a chefe de psicologia da Vepema, Fernanda Borges Ruy; o chefe de fiscalização da Vepema, Bruno de Oliveira Fabres; e o vereador Devanir Ferreira, representando a Câmara Municipal. Para o prefeito Arnaldinho Borgo, a assinatura do convênio traz muitos benefícios: “Ações como essas serão benéficas ao município por vários aspectos. Primeiro gera economia de mão de obra e amplia nossas frentes de trabalho ao longo de todo o município. Depois, nos aproxima do judiciário e do importante trabalho que a Vepema realiza, sob a liderança do dr. Carlos Eduardo, há anos. E, por fim, oferece oportunidade para recuperar aqueles que infringiram a lei e devem pagar à sociedade por seus atos”, comentou o prefeito de Vila Velha. O juiz Carlos Eduardo elogiou a disponibilidade da prefeitura em adotar o convênio e já pensar em áreas de atuação dos apenados. Reforçou também a importância de oferecer condições de ressocialização para quem cometeu pequenos crimes. “Elogiável a atitude da prefeitura em ressocializar esses inpíduos, evitando que pessoas que cometeram pequenos crimes sejam colocados dentro de um presídio, e dando oportunidade delas cumprirem a pena diretamente, colaborando com a comunidade, trabalhando de graça. Esse convênio mostra que a prefeitura está preocupada em recuperar essas pessoas”, destacou. Vitória, 24 de setembro de 2021   Informações à Imprensa Assessoria de Imprensa e Comunicação Social do TJES Texto: Maira Ferreira (com informações da prefeitura de Vila Velha)  |  Maira Ferreira Assessora de Comunicação do TJES www.tjes.jus.br fotos: Divulgação/ Prefeitura Municipal de Vila Velha
24/09/2021 (00:00)

Contate-nos

Rua Álvares Cabral  38  1 andar, sala B
-  Parque Residencial Laranjeiras
 -  Serra / ES
-  CEP: 29165-420
+55 (27) 3318-8880+55 (27) 3099-8880
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.